Tag: Círio de Nazaré

Um cartaz feito de luz, cor, flores e vento. Uma proposta para o Guiness.

O cartaz do Círio é um Círio desenhado em papel, sempre à espera de ser substituído pelo do ano seguinte. O cartaz do Círio é a nossa folhinha sem o registro dos meses. É um calendário apenas do ano. É o registro do tempo entre um Círio e outro Círio. É, de alguma forma, a visita da Senhora e sua constante presença entre nós.

Diário de um desespero – ou quase - LXXIII

— João Carlos Pereira

Leia mais Um cartaz feito de luz, cor, flores e vento. Uma proposta para o Guiness.

No coração de todos, o Círio da esperança

Há muitas formas de fazer o Círio. A pandemia coloca a criatividade e a fé diante de um desafio. A menos que um milagre rasgue os céus do planeta e, do dia para a noite, aglomerações sejam toleradas e, mais do que isso, aceitas, o Círio no formato atualizado há 228 anos poderá manter a escrita. Se não mantiver, será Círio do mesmo jeito. Haverá cartaz, peregrinações em casas, guardadas as recomendações sanitárias. Será servido o tradicional almoço, mas de uma forma diferente. Ou igual, não sei. Ninguém sabe.

Diário de um desespero – ou quase - LXV

— João Carlos Pereira

Leia mais No coração de todos, o Círio da esperança

A difícil decisão de colocar ou não o Círio na rua

Por conta de uma angústia que começa a crescer no coração da cidade, esta semana muitas pessoas me indagaram se haveria Círio ou estaria cancelado. Também fui questionado se, desde 1793, quando a romaria saiu pela premira vez, aconteceu alguma interrupção. Essa pergunta, por incrível que pareça, é mais fácil que a primeira. Nem febre espanhola, nem surto de varíola, nem cabanagem, nem revolução de 30, nem primeira ou segunda guerras, nem quando a Irmandade brigou com a Igreja e o cortejo saiu sem padres...

Diário de um desespero – ou quase - XXXVI

João Carlos Pereira

Leia mais A difícil decisão de colocar ou não o Círio na rua

Círio nas nuvens

Eram quase dez da manhã deste sábado, 28 de março de 2020, quando um helicóptero sobrevoou o bairro de Nazaré, seguindo na direção de Icoaraci. Desde cedo eu esperava por esse movimento, que quebraria a rotina fatigada dos céus da minha casa, já desabituados ao vai e vem de aviões.

João Carlos Pereira

Leia mais Círio nas nuvens