Encantar a Política (V)

Seguimos falando sobre o Caderno Encantar a Política, projeto conjunto da CNBB e demais entidades cristãs, que no seu quinto e último capítulo propõe refletirmos sobre as “Eleições políticas e a Democracia”.

— Simone Furqum Guimarães (Cebi/Planalto Central)

Leia mais Encantar a Política (V)

Transfigurado

A teologia que os primeiros cristãos nos ensinam, conforme o Evangelho de Lucas, diz que Jesus foi escolhido para revelar o Deus presente, o Deus amoroso e misericordioso. O Deus que quer se manifestar para seu povo, como se manifestou para Abraão, para Moisés e para Elias.

— Simone Furqum Guimarães (Cebi/Planalto Central)

Leia mais Transfigurado

“A vida é tão rara!”

Na sua itinerância, Jesus se depara com situações inesperadas e que não tem nada a ver com o sentido de sua missão. Mas, como bom pedagogo, Ele aproveita de todas elas para mover as pessoas na direção do verdadeiro sentido da existência.

— Pe. Adroaldo Palaoro, SJ

Leia mais “A vida é tão rara!”

Encantar a Política (IV)

A reflexão bíblica de hoje quer estar em consonância com o projeto Encantar a Política, em seu capítulo 4, que trata do “Cuidar da Casa Comum”. O caderno nos recorda a narrativa da criação: Deus viu que tudo que criou era muito bom (Gn 1,31). Na sequência, Deus coloca o ser humano para cuidar desta criação. Podemos perceber que a história da criação diz respeito, sobretudo da integração entre a criação de Deus e o ser humano.

— Simone Furqum Guimarães (Cebi/Planalto Central)

Leia mais Encantar a Política (IV)

Uma oração revolucionária

Os evangelhos nos revelam que Jesus, em muitas ocasiões, se afastava de seus discípulos, do povo, dos espaços habituais, das atividades missionárias... para orar, sem deixar-se prender pelas necessidades urgentes, pelas expectativas de seus amigos e pelas ameaças de seus inimigos.

— Pe. Adroaldo Palaoro, SJ

Leia mais Uma oração revolucionária