Vigília de Pentecostes

Sob a égide do Secretariado da Fé, um grupo internacional de jesuítas e companheiros leigos e leigas estão trabalhando juntos para preparar este evento. Esperamos que você se una às nossas redes jesuítas e inacianas em todo o mundo para nos ajudar a orar e refletir juntos, como uma família inaciana, sobre os dons do Espírito Santo.

Leia mais Vigília de Pentecostes

A noite dos desesperados

Durante a grande depressão, na década de 1930, nos Estados Unidos, o desemprego assola a população. O filme mostra o universo dos concursos de dança, que testavam ao extremo a resistência dos competidores em troca de comida, roupas e alguns trocados.

Leia mais A noite dos desesperados

Dois pés na jaca, ao mesmo tempo, seria muita leseira

Não foi preciso que eu inventasse esse hábito de escrever uma crônica todo dia, fosse para me manter vivo e ativo, com responsabilidade junto a um público fiel, leitores cuja face conheço, outros que sequer imagino onde estão e quem são, porque a internet possui o mundo como limite, para que tivesse noção da minha fragilidade e de como me atrapalho com um simples novelinho de lã.

Diário de um desespero – ou quase - LXVII

— João Carlos Pereira

Leia mais Dois pés na jaca, ao mesmo tempo, seria muita leseira

Da distração à dedicação: um convite ao centro

A vocação e a missão que recebemos do Senhor e que herdamos de nossos predecessores não permitem seguidores ou servidores “distraídos”. O Senhor continua chamando a irmãos e amigos para que sigam a seu Filho, pessoas que estão dispostas a dar tudo por seu sonho de salvação para toda a humanidade. A tarefa continua sendo tão imensa e desafiante como sempre.

— Pe. Adolfo Nicolás, SJ

Leia mais Da distração à dedicação: um convite ao centro

O cometa verde do tempo-foi

Descoberto pelo cientista australiano Michael Mattiazzo, o cometa não foi batizado com o seu nome – uma injustiça que precisa ser reparada. O que para nós vai ser cometa Mattiazzo, para a ciência é apenas Swan, porque foi observado com o Solar Wind Anisotropies (Swan), um instrumento integrante do satélite de observação Soho, operado pela Nasa e pela Agência Espacial Europeia. O nosso Mattiazzo-Swan já passou pela Terra, deixou lembranças e mandou avisar que sua imagem possui um “delayed”, quero dizer, um certo atraso, bem expressivo. É como a luz das estrelas. O que chega aqui não é tempo real. É tempo-foi, como diria a Lindanor Celina.

Diário de um desespero – ou quase - LXVI

— João Carlos Pereira

Leia mais O cometa verde do tempo-foi

No coração de todos, o Círio da esperança

Há muitas formas de fazer o Círio. A pandemia coloca a criatividade e a fé diante de um desafio. A menos que um milagre rasgue os céus do planeta e, do dia para a noite, aglomerações sejam toleradas e, mais do que isso, aceitas, o Círio no formato atualizado há 228 anos poderá manter a escrita. Se não mantiver, será Círio do mesmo jeito. Haverá cartaz, peregrinações em casas, guardadas as recomendações sanitárias. Será servido o tradicional almoço, mas de uma forma diferente. Ou igual, não sei. Ninguém sabe.

Diário de um desespero – ou quase - LXV

— João Carlos Pereira

Leia mais No coração de todos, o Círio da esperança

Memórias de um menino que quase não saiu da escola

Saí da escola e, na universidade, fiz um curso que não era exatamente a minha praia. Tenho duas especializações em língua portuguesa e passei duas vezes no mestrado. Fui professor e sou jornalista. Mas, como já disse nesta interminável quarentena, em pelo menos três crônicas, o que eu queria mesmos era ser padre.

Diário de um desespero – ou quase - LXIV

— João Carlos Pereira

Leia mais Memórias de um menino que quase não saiu da escola