Minha conversa com o Pai

Joana Eleuthério *

 

Minha conversa com o Pai

(Da alegria de ser uma filha amada e perdoada)

… o pai não se preocupa se o filho manifesta um verdadeiro arrependimento, uma verdadeira contrição. Ele não o deixa falar, o abraça apertado, impede-lhe gestos penitenciais e expiatórios, e assim lhe mostra o seu perdão gratuito. Exatamente como Oseias profetizara: Deus continua amando o seu povo enquanto este se prostitui e,assim que pode, abraça-o novamente e o retoma (cf. Os 1, 2; 11, 8-9).

Enzo Bianchi

hijo-prodigo-Hermanas-Agustinas-del-Monasterio-de-La-ConversionA acolhida amorosa,
surpreendente e misericordiosa
sem cólera nem julgamento.
Só alegria e felicidade
desde que ele me avistou no horizonte.
Tomado de compaixão,
esquecendo-se da idade,
corria em minha direção
quase sem conseguir respirar.

Nem mereço ser chamada de filha …

— Filha, filha querida,
desde sua despedida
estou a sua espera.
Dê cá um abraço, filha.
A alegria adormecida
explodiu em meu coração
ao identificar seu vulto
subindo a trilha do morro.

Estou sem banho faz dias…

Meu coração só quer o
perfume de seu amor.
Corra para os meus braços.
Deixa-me sentir
a minha menina de novo.
Embaraçar os fios da barba
nos seus cabelos
como antigamente.

Eu ajoelho e beijo seus pés, meu pai…

Mal posso esperar para
sentir o seu corpo aconchegado
e descansando no meu peito.
Respirando no mesmo sopro,
No mesmo ritmo,
que é vida e alegria.
— Amor que nunca morre.

Nem mereço ser uma de suas empregadas …

Filha, a sua roupa limpa
espera por você,
como as suas sandálias,
seus perfumes e anéis.
O seu quarto estava sem vida
porque a vida que havia nele
estava muito longe…

Como estou envergonhada, papai…

Pessoal, deixem tudo
que estão fazendo
minha filha voltou.
Ajudem para que ela entre
e seja cuidada pelas amas.
Vamos tomar o nosso
melhor vinho hoje.
Alegrem-se comigo!

Me botem no chão, eu caminho até a casa…

Carreguem-na como faziam
quando ela era criança.
Veja o estado de seus pés!
Amas, corram para cuidar
da criança de vocês,
ela está de novo aqui.
Espero que ainda sapeca,
para nossa alegria.

Meu pai, não mereço tudo isso …

Preparem um suntuoso jantar,
com o que encontrarem de melhor
contratem músicos e bailarinos
teremos uma longa noite
de festas e alegria
como há alguns anos.
Quero todo mundo à mesa.

Meu pai, não mereço nada disso,
queria apenas ser uma de suas servas…

Não quero ouvi-la mais, filha.
Não agora. Mais tarde talvez…
Entre logo em casa para o banho
e depois vá beijar sua mãe.
Ela continua adoentada,
sempre esperando
o seu cuidado todas as manhãs.
— Daqui a pouco será
a nossa grande festa.

Parece que o meu irmão está chegando, pai …

— Que algazarra é esta, Velho?
Matando novilhas cevadas,
contratando músicos e bailarinos,
O que houve para tanta festa?
Ah… Sim, a vadia voltou.
E eu estava no campo trabalhando
Estou muito cansado,
nem vou entrar em casa
vou dormir no celeiro.

Meu irmão, perdoe a minha insensatez…

Venha, meu filho querido,
alegre-se conosco, sua irmã voltou.
Precisamos celebrar,
ela estava morta e agora vive.
Você é o meu filho amado,
bom rapaz, responsável
e sempre do meu lado.
Minha vida é sua, sempre
compartilhamos tudo.

Entre meu irmão, meu pai te ama tanto …

— Meu pai? Nunca me deu nada,
Gosta só do meu trabalho
e agora ele coloca tudo e
todos aos seus pés.
Aos pés da filhinha dele,
a princesinha querida
e sempre paparicada.

 


* Joana Eleuthério é graduada em Letras. servidora pública aposentada da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal.

Imagem: Hijo prodigo —  Hna Francis. Hermanas Agustinas, Monasterio de la Conversión (Espanha)

 

Poesia Tempo da Quaresma

Joana Eleuthério Visualizar tudo →

Caminhante sem nenhuma linearidade e com variados interesses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: