Raimundo Caramuru

Simone Furquim Guimarães

A leitura do Evangelho proposta pela igreja hoje é Jo 16,23b-28. Jesus faz uma solene declaração de despedida: “Eu saí do Pai e vim ao mundo; e novamente parto do mundo e vou para o Pai”… “Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes ao Pai alguma coisa em meu nome, ele vos dará. Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis; para que a vossa alegria seja completa”.

Até a morte de Jesus, os discípulos pediam ao Pai, mas não em nome de Jesus. Jesus continua sua declaração de despedida dizendo que com sua morte, os discípulos, que amam Jesus e acreditam que ele veio de junto do Pai e voltará para o Pai, são amados também pelo Pai. Jesus declara aqui nossa íntima relação com o Pai a partir do amor e da fé. 

Amar e acreditar são ações que partem do coração e da prática concreta do Evangelho no nosso cotidiano, na nossa realidade, produzindo frutos de justiça e paz. Os frutos desse amor e fé são nossa luta na construção de um mundo melhor, mais justo para todos e todas.

Ao longo do tempo, muitas pessoas foram testemunhas oculares de acontecimentos e os viveram intensamente. A caminhada da igreja no Brasil é repleta de personagens assim, particularmente no século XX, souberam viver com ternura e vigor à fé, não apenas nos espaços dos templos e na liturgia, mas, sobretudo, na história, espaço também privilegiado de testemunhar Jesus.

Aqui mesmo em nossa querida Arquidiocese, muitos tiveram o privilégio de conviver com o professor, teólogo e economista Raimundo Caramuru, exemplo luminoso de seguimento de Jesus. Numa leitura possível de se fazer não seria exagero dizer que ele veio do Pai e a Ele retorna, acolhido em seus braços. O seu trabalho na construção de justiça e paz na arquidiocese de Brasília deve ser sempre lembrado, bem como sua linda atuação na consolidação da CNBB.  

Que o amor e a fé sejam o nosso sentimento e a nossa ação como cristãos e cristãs, amados/as do Pai!


Simone Furquim Guimarães é mestre em Teologia na linha bíblica. Tem experiência na área de Leitura Popular da Bíblia no Centro de Estudos Bíblicos (CEBI).

Esta reflexão bíblica foi originalmente apresentada no Programa de Justiça e Paz, produzido pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, que vai ao ar todo sábado, às 11:00, na Rádio Nova Aliança.

Imagem: Van Gogh — O semeador, 1888. Kröller-Müller Museum.

Justiça e Paz Palavra de Deus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: