Vulneráveis

Simone Furquim Guimarães

Estamos no período da quaresma e, infelizmente, estamos vivendo um período de quarentena para o combate do COVID19. É um tempo de muita reflexão e ação, mesmo que limitada a nossas saídas de casa. A vida está levantando questões e nos provocando a pensar e agir soluções diante das várias consequências que este vírus trouxe.

Uma das consequências terríveis que não é tão noticiado pelas mídias é a da completa vulnerabilidade de nossos irmão e irmãs que estão vivendo em situação de rua. Como alertar essas pessoas a ficar em suas casas se elas não têm casa? Como orientá-las aos cuidados de higienização se elas não têm lugar e nem material sanitizante para fazê-lo? Como alertar essas pessoas para que se alimente bem para adquirir defesas se não têm o que comer?

Este tempo da quaresma e de quarentena é tempo kairós (do grego: tempo de Deus). Deus nos chama a sermos verdadeiros cristãos/ãs. Ser cristão é viver como Jesus Cristo viveu e ensinou. Para Jesus, a justiça social supõe o acesso de todas as pessoas aos Direitos Humanos, especialmente as mais vulneráveis, conforme o Evangelho de Mateus:

Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.

Mt 25,35-36

Diante do desamparo de nossos irmãos e irmãs que estão vulneráveis ao vírus do pânico e da morte, Deus nos chama a sermos profetas; profetas da justiça social:

Eu, Javé, te chamei para o serviço da justiça, tomei-te pela mão e te modelei. Eu te constituí como aliança do povo, como luz das nações.

Is 42,6ss

Justiça social visa combater a exclusão social, através de serviços que ajudem a superar ou a sair da situação de vulnerabilidade social. Está baseada na igualdade de direitos e na solidariedade coletiva.

Uma das ações de solidariedade que podemos praticar diante de nossas limitações neste período de quarentena é apoiar financeiramente as entidades que estão envolvidas diretamente com a população em situação de rua, e, sobretudo pressionar o governo a agir com políticas públicas que garantam estrutura e bens para proteção desses nossos irmãos e irmãs.

Durante este período da quaresma, façamos nossa oração, jejum e caridade para com nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis!


Simone Furquim Guimarães é mestre em Teologia na linha bíblica. Tem experiência na área de Leitura Popular da Bíblia no Centro de Estudos Bíblicos (CEBI/Planalto Central).


Esta reflexão bíblica foi originalmente apresentada no Programa de Justiça e Paz, produzido pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, que vai ao ar todo sábado, às 11:00, na Rádio Nova Aliança.

Desde outubro de 2020, também disponível no podcast Ignatina.

Imagem
ATELIÊ 15
Instagram Facebook WhatsApp | Loja

Justiça e Paz Palavra de Deus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: