Resgatar o cuidado com os pobres

Simone Furquim Guimarães

Resgatar o cuidado com os pobres em nossa sociedade é missão primeira da igreja. Esta é a proposta da arquidiocese de Brasília ao lançar o Projeto de ação social “Partilha Brasília”. Dom Paulo Cezar está em comunhão com a missão cristã: acolher, escutar, ver e transformar a realidade das pessoas mais vulneráveis de nossa sociedade.

A arquidiocese de Brasília está em comunhão com os cristãos do primeiro século. Lembremos as palavras de São Tiago, uma das colunas da nossa igreja. Ele estava muito preocupado com a dimensão social da fé em sua comunidade, que estava deixando os pobres passando necessidades:

Se um irmão ou uma irmã não tiver o que vestir e lhes faltar o necessário para a subsistência de cada dia, e alguém dentre vós lhes disser: ‘Ide em paz, aquecei-vos e saciai-vos’, e não lhes der o necessário para a sua manutenção, que proveito haverá nisso? Por isso, a fé, se não tiver obras, está completamente morta.

cf. Tg 2,15-17

A comunidade estava se esquecendo da essência do Evangelho de Jesus Cristo.

São Tiago diz que toda a Escritura é voltada para atender os mais necessitados porque Deus escolheu os pobres (Tg 5). Por isso, ele escreve que amar o próximo como a si mesmo é a Lei régia, segundo a Escritura (Tg 2,8). Certamente, no tempo em que a carta foi escrita a comunidade cristã, não mais ouvia, muito menos atendia a oração que era feita todos os dias, que está no cap. 15 do livro do Deuteronômio:

Assim, não deverá haver pobre algum no meio de vocês, pois na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes está dando como herança para que dela tomem posse, ele os abençoará ricamente, contanto que obedeçam em tudo ao Senhor, ao seu Deus, e coloquem em prática toda esta lei que hoje lhes estou dando.

Dt 15,4-5

A comunidade deveria viver esse ensinamento como ortopráxis; ou seja, a fé era manifestada através de obras, de ações em favor das pessoas mais necessitadas.

Toda a ação e ensinamento de Jesus durante sua vida pública foi o cuidado com os pobres. Por isso, nos convoca hoje para a construção de uma sociedade justa: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça”. Esta é uma bandeira que a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília vem carregando nesses 36 anos de atuação em Brasília.

Quero agradecer e parabenizar a todos os membros que já passaram e que estão nesta Comissão; e agradecer por fazer parte dessa missão tão nobre de busca e construção de justiça e paz, sobretudo, justiça e paz para os mais vulneráveis de nossa sociedade.


Ouça no Podcast Ignatiana [link]


Simone Furquim Guimarães é mestre em Teologia na linha bíblica. Tem experiência na área de Leitura Popular da Bíblia no Centro de Estudos Bíblicos (CEBI/Planalto Central).


Esta reflexão bíblica foi originalmente apresentada no Programa de Justiça e Paz, produzido pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, que vai ao ar todo sábado, às 11:00, na Rádio Nova Aliança.

Desde outubro de 2020, também disponível no podcast Ignatina.

Palavra de Deus Simone Furquim Guimarães

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: