Maternas Preocupações

Cléria d’Almeida Córdova

Senhor,
Como cuidar destes raros pedaços?
Como proteger meus preciosos seres?
Como isolá-los da maldade do mundo?
Como afastá-los de um duro viver?

Como fazer-lhes crer nas minhas experiências,
Preservando-lhes de cabeçadas e arrependimentos?
Como transmitir-lhes valores cristãos,
Num mundo dirigido à competição?

Como preservar-lhes a candura, a doçura
E ao mesmo tempo adaptá-los à vida?
Como mostrar-lhes a finalidade do sexo,
Num mundo deturpado, sodomista?

Como afastá-los da ameaça dos vícios
Que fecha imundo círculo sobre a linda juventude?
Como distanciá-los da violência
E estimulá-los a que vivam lá fora?

Hoje, crianças sob os meus olhos,
Creem-me, seguem-me,
Acompanho-os a toda hora.

Mas os anos passam…Eles irão,
Não lhes poderei seguir os passos,
Não saberei sempre, como e com quem estarão.

Devo desempenhar minha finalidade,
Formar-lhes reto caráter, firme personalidade,
Infundir-lhes a fé e desejos nobres. Nesta difícil tarefa conto com a Tua ajuda;
No mais, é confiá-los a Ti,
Senhor.

Salvador, maio de 1987.

Cléria d’Almeida Córdova, Poetisa, Mulher, Mãe e Vovó de Maria Eduarda, Helder e Inácio. Devota de Santa Dulce dos pobres, que tem o privilégio de apreciar o pôr do Sol na Bahia de todos os Santos.

Imagem: Mãe e Filho, 1958 — Manabu Mabe. Enciclopédia Itaú Cultural.

Informes Poesia

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: