Amor Político

Luiz Fernando Krieger Merico

Mística do século XXI — programa nº17

Reflexões a partir das encíclicas
Laudato si’ e Fratelli tutti

O cuidado da natureza faz parte de um estilo de vida que implica aumentar a capacidade de viver juntos, aumentar a capacidade de comunhão. Daí a necessidade do assim chamado amor fraterno, pregado pela Fratelli Tutti, o qual só pode ser gratuito, alcançando todas a frentes possíveis, o que inclui os nossos inimigos e aquilo que não está submetido ao nosso controle.  Podemos falar, então, de uma fraternidade universal, pois é necessário voltar a sentir que precisamos uns dos outros, que temos uma responsabilidade para com os outros e o mundo, que vale a pena ser bons e honestos. Vivemos já há muito tempo em uma degradação moral, onde a ética, a bondade, a honestidade se definham. Chegou o momento de reconhecer que esta realidade de pouco nos serviu.

A destruição de todo o fundamento da vida social acaba por colocar-nos uns contra os outros na defesa dos próprios interesses, provoca o despertar de novas formas de violência e crueldade e impede o desenvolvimento de uma verdadeira cultura do cuidado com os outros e o meio ambiente. Papa Francisco nos lembra o exemplo de Santa Teresa de Lisieux convida-nos a pôr em prática a oportunidade da palavra gentil, de um sorriso, de qualquer pequeno gesto que semeie paz e amizade. Uma ecologia integral, como nos indica a Laudato Si’, é feita também de simples gestos quotidianos, pelos quais quebramos a lógica da violência, da exploração, do egoísmo. Neste sentido, « o amor, cheio de pequenos gestos de cuidados mútuos, é também político, manifestando-se em todas as ações que procuram construir um mundo melhor. O amor à sociedade e o compromisso pelo bem comum são uma forma eminente de caridade, que toca não só as relações entre os indivíduos, mas também “as macrorrelações” como os correspondentes relacionamentos sociais, culturais, econômicos e políticos.» (Laudato si’, 231)

O amor político é a chave para um desenvolvimento autêntico. O amor político nos impele a pensar em grandes estratégias que detenham eficazmente a degradação ambiental e incentivem uma cultura do cuidado que permeie toda a sociedade. Nem todos são chamados a trabalhar de forma direta na política, mas no seio da sociedade floresce uma variedade inumerável de associações que intervêm em prol do bem comum, defendendo o meio ambiente natural e urbano. Por exemplo, preocupam-se com um lugar público (um edifício, uma fonte, uma paisagem, uma praça – uma forma de vida, uma espécie ameaçada) para proteger, sanar, melhorar ou embelezar algo que, no fundo, é de todos. Ao redor destas ações, desenvolvem-se ou recuperam-se vínculos, fazendo surgir um novo tecido social local e depois mais amplo. Desta forma cuida-se do mundo, da qualidade de vida e dos mais vulneráveis com um sentido de solidariedade que é, ao mesmo tempo, consciência de habitar numa casa comum que Deus nos confiou para administrar. O amor político, quando exprime um processo e mecanismos de solidariedade e doação, pode transformar-se inclusive em experiências espirituais intensas. Experimentemos, então, o amor político como ferramenta de transformação de nosso mundo.

Ouça no Podcast Ignatiana

Encíclicas ecofraternais do Papa Francisco

Laudato si’, sobre o cuidado da casa comum (2015)
Fratelli tutti, sobre a fraternidade e a amizade social (2020)

Luiz Fernando Krieger Merico é graduado em Geologia (UFPR), mestre em Análise Ambiental (UNESP), doutor em Geografia (USP), possui aperfeiçoamento no Schumacher College (Inglaterra) em Economia Ecológica. É autor do livro A transição para a sustentabilidade.

Ecologia Mística do século XXI

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: