Dia da Consciência Negra

Cléria d’Almeida Córdova


13 de Maio
Meu Deus!
Ainda a intolerância.…
Ainda a ignorância
A disseminarem ódio.
A vida pede espaço,
Direito igual outorgado
Pelo Dono da Vida,
A morte, a realidade ostenta
Nos restos mortais
Que findam iguais.
Somos, apenas, vasos de barro
Pintados pelo Oleiro Divino nas cores:
Vermelha, branca, amarela, ou preta.
Ilusão passageira,
Como a finita matéria.
Somos da cor da Luz Divina,
Como Filhos do Eterno.
Mas, só o amor incondicional
por todas as diferenças,
Pode nos dar a posse
Da nossa verdadeira essência.

Salvador, 20 de novembro de 2020.


Cléria d’Almeida Córdova, Poetisa, Mulher, Mãe e Vovó de Helder e Inácio. Devota de Santa Dulce dos pobres, que tem o privilégio de apreciar o pôr do Sol na Bahia de todos os Santos.

Imagem
ATELIÊ 15
Instagram | Facebook | WhatsApp | Loja

Poesia

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: