No Tempo e Espaço do Viver …

Joana Eleuthério

Na angústia de entender a pandemia
recorro a algumas falas de especialistas e outros
nas modernas lives, também muito em moda.
E sempre me pego trazendo o assunto
para os momentos de oração.
Que triste enfermidade nos pegou de surpresa, meu Pai!
(Nem tanto! Dizem os especialistas e palestrantes espíritas.)

— A raça humana é uma semana do trabalho de Deus
como nos diz a canção.

Dialogar com o Pai-Mãe, nosso Deus todo poderoso em amor
e rico em misericórdia sempre alivia o coração.
A pausa forçada no modo capitalista de ser e viver
mostrou o Planeta feliz livrando-se de nossas imundícies.
(e são tantas e de muitas diferentes naturezas.)
Estamos indo na contramão do Evangelho de Jesus
e desobedecendo ao Divino Criador.

— Criou-nos a sua imagem e semelhança e nos deu o Jardim do Éden.
Viu que tudo era muito bom — “cuidai e guardai” — nossa missão. (Gn 2,15),

Um minúsculo ser do outro lado do mundo
desarmonizou-se no interior das florestas
pela invasão de mãos humanas
descuidadas destruindo ecossistemas …
À busca de riquezas de forma egoísta
e o vírus invisível viu a porta aberta,
espalhou-se pelo mundo
surpreendeu a humanidade perplexa.

Estamos todos nas mãos uns dos outros, neste momento poder rezar juntos, todos, torna essa consciência ainda mais plástica e concreta.

José Tolentino Mendonça

A raça humana é o hospedeiro preferencial do vírus
Faltou-nos justiça social e solidariedade
amor e cuidado com a natureza e com
os mais pobres … são quase meio milhão de mortos
Agora é como se o tempo estivesse em suspenso…
Quarentenas – o eterno espaço para vivermos na
Trindade Santa foi pausado …

Tempo rei, ó, tempo rei, ó, tempo rei
Transformai as velhas formas do viver
Ensinai-me, ó, pai, o que eu ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo, socorrei
[…]
Vejam como as águas de repente ficam sujas
Não se iludam
Não me iludo
Tudo agora mesmo pode estar por um segundo
Gilberto Gil

Acredito que este tempo será um presente, apesar
dos lutos. Estamos aprendendo novas formas do viver.
— Uma graça a ser pedida e alcançada.

Que a Virgem Maria rogue por nós, em nossas agonias e angústias, dando-nos seu Filho Jesus como remédio para a nossa vida.

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA, roga por nós!

Brasília, 9 de junho de 2020


Joana Eleuthério é graduada em Letras. Servidora pública aposentada da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal.

Imagem: Aglaia — Criação, 1979.

Espiritualidade cristã

Joana Eleuthério Visualizar tudo →

Caminhante sem nenhuma linearidade e com variados interesses.

4 comentários Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: