Coragem! Eu venci o mundo!

Simone Furquim Guimarães

Falar da 6ª Semana Social Brasileira é falar sobre a responsabilidade social, que está pautada no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, sobretudo quando a Igreja toma partido e se coloca ao lado dos oprimidos.

Na leitura do Evangelho proposta pela Igreja hoje (Jo 15,18-21), Jesus discursa para seus discípulos (representantes da comunidade/Igreja) justamente sobre essa responsabilidade social, de assumir verdadeiramente o Evangelho, o projeto de Deus para a humanidade. Esse projeto não é aceito pela sociedade daquele tempo. Por isso, Jesus vai dizer:

Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia.

O “mundo” que Jesus está se referindo é a sociedade que rejeitou as palavras e ações de Jesus. Para a comunidade cristã, do final do primeiro século, quando o Evangelho de João foi escrito; o “mundo” representava a sociedade do império romano e também das lideranças religiosas judaicas, que não aceitavam a presença de cristãos-judeus nas sinagogas. Por isso, a palavra “odiar” é melhor traduzia por “rejeitar”. O Evangelho de Jesus é rejeitado pela sociedade porque está pautado no amor ao próximo. O maior mandamento é amar a Deus e o próximo como a ti mesmo. Isso é exigente, isso é contrário à propaganda que mundo oferece.

Hoje, vimos essa rejeição chegar às raias da covardia dentro do sistema social e econômico que vivemos: são as extremas desigualdades sociais. O próprio Papa Francisco é rejeitado por esse sistema por causa de sua defesa ao resgaste do Evangelho. Mas, se ele é rejeitado, então ele está no caminho certo, pois “Se fôsseis do mundo (mundo da ganância, do individualismo e consumismo), o mundo gostaria e aplaudiria seus pensamentos. As forças dominantes gostam da Igreja enquanto ela se curva a seus interesses e as legitima. Mas quando a Igreja segue efetivamente os ensinamentos de Jesus, esse “mundo” a rejeita, sobretudo, quando a Igreja toma partido e se coloca ao lado dos oprimidos, quando se mobiliza em defesa pela democracia, em defesa dos direitos humanos para todos/as, em defesa de terra, teto e trabalho (tema da 6ª Semana Social Brasileira).

Se perseguiram Jesus, perseguirão também os que são seus.  Por isso, Jesus hoje exorta aos seus: Coragem! Eu venci o mundo!


Simone Furquim Guimarães é mestre em Teologia na linha bíblica. Tem experiência na área de Leitura Popular da Bíblia no Centro de Estudos Bíblicos (CEBI/Planalto Central).


Esta reflexão bíblica foi originalmente apresentada no Programa de Justiça e Paz, produzido pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, que vai ao ar todo sábado, às 11:00, na Rádio Nova Aliança.

Desde outubro de 2020, também disponível no podcast Ignatina.

Imagem
ATELIÊ 15
Instagram Facebook WhatsApp | Loja

Informes

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: