Preparar o caminho para o Senhor : leitura surrealista

Joana Eleuthério

No princípio, Deus criou o céu e a terra. A terra não tinha forma… Mas o Espírito de Deus pairava sobre as águas, então Deus colocou ordem no caos. Os vales acolheram as águas dando origem aos belos rios, margeados por divina e florida vegetação. Criou animais, aves e peixes e as montanhas para as nossas orações.

Tudo é muito bom e cheio de grandes maravilhas. Deus nos deu tudo isso para desfrute e cuidado.

Limpar o caminho do meu coração …
O caminho mais natural tem muitas curvas
O belo relevo da Terra é muito diverso
e as montanhas dão um toque
muito especial à Criação.

Destruir as montanhas e os vales
é coisa das grandes empresas capitalistas
que não têm delicadeza e
nem respeito pela natureza,
muito menos pela vida.

Dói muito lembrar as imagens
dos terríveis desastres acontecidos
em Mariana e Brumadinho
matando vidas humanas, animais,
grandes rios e a própria vegetação.

Quero o meu coração preservado
parecido com a Criação.
Os vales guardando os belos rios…
Nada de veredas aplainadas e
nenhuma montanha destruída.

— Estou esperando o Senhor.
Que o meu coração conheça
os caminhos da solidariedade
e da acolhida amorosa,
da compaixão e da Justiça.

E que eu tenha disposição para dar
a resposta que o Deus Trindade
espera de mim servindo àqueles
que Ele colocou em minha vida.
— Gratidão imensa porque Ele conta comigo.


Nota: Os caminhos cheios de curva e outros obstáculos impedem a pressa. Contornando as montanhas e rios, somos convidados a parar, respirar e contemplar – perceber a Presença.

Brasília, 6 de dezembro de 2020


Joana Eleuthério é graduada em Letras. Servidora pública aposentada da Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal – Escola de Governo do Distrito Federal (EGOV).
Inaciana, avó e mãe, caminha pelas estradas de Jesus, de Santo Inácio e de Santa Teresa de Ávila, por onde tem se inserido na Comunidade do Centro Cultural Brasília (CCB/Jesuítas). Muito grata pela caminhada realizada até aqui.

Todos os textos de Joana [clique aqui]

Imagem: Vincent van Gogh (1853 – 1890) — Amandelbloesem [Amendoeira em flor], 1890. Van Gogh Museum.

Poesia

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: