Molecagem

Vital Lima
Hermínio Bello de Carvalho

 

Leva cascudo no quengo, criança
Leva pra não se intrometer
Deixa de ser enxerida, criança
Vê se tem mais o que fazer
Te dou rasteira feia, criança
E te esborracho no chão
Te faço arranhado feio, criança
Você se levanta mais não.

Moleque espevitado, banguela
Vê se mede teu chão
Não te faças de doido, moleque
Que eu armo teu alçapão
Leva tapa no cangote, criança
E dá um pinote e meio
Leva tiro pela venta, criança
Que a vida só brinca feio

 


Composição de Vital Lima e Hermínio Bello de Carvalho, letra do segundo, cuja inclusão no álbum Pastores da noite, de Vital Lima, com as parcerias de ambos, (1978, Tapecar) foi censurada pelo regime então vigente no Brasil. No lugar, foi incluída apenas uma versão instrumental da mesma.

 

 

Música

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: