Jesus é sempre uma boa notícia

Joana Eleuthério *

E eis que esta glória definitiva se inscreve furtivamente na face de Jesus e
em suas vestes, sobre este corpo humano em que vive para sempre:
união perfeita entre Deus e a humanidade.
Marcel Domergue

JESUS é sempre uma boa notícia.
(e sempre nos traz boas notícias)Transfiguracao-do-Salvador_Teofanes-o-Grego_sec15

No meio das dificuldades,
Jesus subiu à montanha para rezar,
no silêncio do Tabor…
Acompanhado de Pedro, Tiago e João,
que adormeceram…
Uma luz inundou a montanha,
— “a luz que brilha nas trevas, mas
que as trevas jamais poderão apagar.”

Na oração silenciosa, Jesus chama,
espera e acolhe a presença do Pai.
Moisés e Elias apareceram ali,
revestidos de glória
e conversavam sobre a morte
do Filho Homem em Jerusalém.

Os três amigos de Jesus acordam
e ainda sonolentos viram
os dois homens indo embora.
A luz que inundava Jesus na montanha
era o prenúncio da grande notícia.
— A ressurreição, incompreensível
naquele momento.

Uma nuvem cobriu toda a montanha,
a face de Jesus brilhava intensamente e,
de dentro da nuvem, ouviu-se a Voz.
‘Este é o meu Filho, o Escolhido.
Escutai o que ele diz!’
A princípio, os três ficaram amedrontados
Havia algo muito bonito
e inalcançável naquela montanha.

Os três queriam construir tendas
para ali permanecerem…
Mas a voz ainda ecoava nos arredores…
Com a atenção do coração, ouviram bem
‘Este é o meu Filho, o Escolhido.
Escutai o que ele diz!’

A nuvem desapareceu…
Jesus começou a descer a montanha
silenciosamente, ainda
com a face resplandecente do Pai

A Voz continuava a ressoar
nos ouvidos dos três:
‘Este é o meu Filho, o Escolhido.
Escutai o que ele diz!’
Rememoram alguns dias passados
e as palavras de Jesus:
“Sede misericordiosos,
como o vosso Pai é misericordioso.”

Os outros discípulos de Jesus
e uma enorme multidão
aguardava por eles
na planície – a missão.
A ideia das tendas vinha na
contramão de toda a vida
e pregação de Jesus.
Portanto, sejamos misericordiosos.
— assumamos a nossa tarefa.

Devemos levar um pouco dessa luz
e desse consolo para a vida
de outras pessoas que estão conosco
nesta jornada, nem sempre fácil.
Escutemos o que Jesus nos disse
e continua a dizer no rosto de
tantas pessoas que encontramos
todos os dias.

 

A partir da contemplação da Transfiguração de Jesus ( Lucas 4, 1-13)

Brasília, Quaresma 2019.


* Joana Eleuthério é servidora pública aposentada da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal.

Imagem: Transfiguração do Salvador — Teófanes, o grego. Séc. XV. Galeria Tretyakov (Moscou, Rússia).

Poesia

Joana Eleuthério Visualizar tudo →

Caminhante sem nenhuma linearidade e com variados interesses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: