Unidade

Paulo VI

Dissemos que o caminho do ecumenismo, ou seja, o caminho para a recomposição da unidade entre os cristãos é difícil. Mas também não é, porventura, muito belo? Não promove, por acaso, no próprio catolicismo, um processo de cuidadosa purificação, uma verificação de identidade, um estudo de aprofundamento, um exercício de humildade, um amor mais ativo e mais amplo? Não abre, talvez, diante de nós, esperanças fundadas nas promessas do Espírito, que são mais alegres do que qualquer sonho?

Para concluir, acrescentamos uma saudação respeitosa e cordial aos nossos irmãos separados; temos nos lábios e no coração muitos nomes que representam as suas diversas e caríssimas fileiras; e uma oração ao Senhor, mais fervorosa e quase impaciente; com ela desejaríamos unir-nos humildemente à oração pronunciada por Cristo na última noite de Sua vida temporal: fazei, ó Senhor, com que sejamos todos um em Vós e o mereçamos ser; venha a nós o Vosso Reino!

 


A fé e a caridade são o fundamento do verdadeiro ecumenismo. Audiência geral, quarta-feira,  20 de janeiro de 1971.

Igreja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: