Igreja

Paulo VI

Queremos esperar que a doutrina sobre o mistério da Igreja, ilustrada e proclamada por este Concílio, tenha desde já felizes repercussões nas almas, antes de tudo dos católicos: vejam os fiéis todos, melhor traçado e revelado, o rosto genuíno da Esposa de Cristo; vejam a beleza de sua mãe e mestra, vejam a simplicidade e a majestade das linhas de tão veneranda instituição, admirem um prodígio de fidelidade histórica, de estupenda sociologia, de exuberante legislação, um reino progressivo, onde o elemento divino e o elemento humano se fundem para refletir sobre a humanidade crente o desígnio da Encarnação e da Redenção, o Cristo total como diz Santo Agostinho — o nosso Salvador.

 


Discurso na clausura da terceira sessão do Concílio Ecumênico Vaticano II. 21 de novembro de 1964.

 

 

Igreja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: