Tecida no seio de minha mãe

Ligia de Medeiros *

Vós me tecestes no seio da minha mãe.
Salmo 138

 

Sinto-O em toda a parte a me rodear;
o cuidado e o amor me acompanham.

Mergulhada na tua essência, torno-me uma contigo.
Experiência que está além do meu entendimento.
Mas, no lugar de entender,
prefiro deixar espaço para o mistério
— o que aumenta a minha pequenez e a Tua onipotência.

Já houve tempo em que eu não O percebia na minha vida;
Hoje, eu já não sei o que é viver sem ti.

Estou embebida como uma esponja da tua presença.

Vejo os teus sinais em toda a parte,
a mão forte que me sustenta,
essa mão que me conduz no caminho
de uma vida natural e espiritual plena.

Vós me fizestes para que eu cumprisse as minhas competências.
Permita-me Senhor viver para o que vós me preparastes.

Agradeço as graças recebidas e, de minha parte,
abençoo-vos com o coração transbordando de amor.

E, dentro de mim, eu vos aguardo, Senhor.

— set. 2018


* Lígia de Medeiros é artista, designer, educadora e carioca.

Espiritualidade Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: