O Caminho

Simone Furquim Guimarães

A leitura do Evangelho proposta pela igreja hoje é João 3,22-30.

O Evangelista narra sobre o ministério do batismo realizado por João e por Jesus com seus discípulos. Cada um realiza o batismo em uma região diferente. Os discípulos de João Batista, bem como um judeu, representante do farisaísmo, querem saber sobre o valor entre o batismo realizado por Jesus e o batismo realizado por João. 

Nesse texto, quem dá explicação é o Batista. Ele lhes recorda que já havia dito que ele, João, não é o Cristo; João é somente o enviado dele, aquele que se alegra com a chegada de Jesus, representado como o esposo. Esta é a simbologia do povo de Israel para ilustrar a união entre Deus e seu povo. Deus é o esposo, o povo de Israel é a noiva. João Batista é o amigo do noivo, se alegra com a sua chegada. João, conforme a profecia, anuncia a chegada do noivo, do Messias, do Cristo. 

O Batista vai dizer no final do versículo: “É necessário que ele cresça e eu diminua”. João se reconhece como agente que prepara o caminho para que as pessoas acolham o Messias. Ele é o sinal que indica o caminho que é Jesus, o Evangelho vivo. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. O movimento de pessoas que andaram com o Batista, agora devem entender que a comunidade  deve voltar-se para Jesus.

Hoje, João Batista abre os olhos de todas as instituições religiosas. Elas são setas, são sinais que indicam para nós o caminho da verdade e da vida. João não quis ser grande, não quis ser “o caminho”. Ele tinha ciência de sua importância no plano de salvação de Deus. 

Assim também deve ser as pessoas que trabalham na evangelização. Reconhecer que devem diminuir na sua importância para que Jesus Cristo apareça na vida das pessoas.

Que nossa igreja continue a iluminar o caminho que é Jesus. Ilumine esse caminho a partir da sua missão, que é evangelizar, que é ser servidora para que os fiéis possam trilhar sempre nesse caminho. Para que os fiéis possam enxergar esse caminho. 
Amém!


Simone Furquim Guimarães é mestre em Teologia na linha bíblica. Tem experiência na área de Leitura Popular da Bíblia no Centro de Estudos Bíblicos (CEBI).

Esta reflexão bíblica foi originalmente apresentada no Programa de Justiça e Paz, produzido pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, que vai ao ar todo sábado, às 11:00, na Rádio Nova Aliança.

Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: