Nosso Manifesto

Nesse gravíssimo momento em que a Nação testemunha insistentes e desrespeitosas ameaças aos valores democráticos e cristãos, recordamos a exigência e a necessidade do VOTO CONSCIENTE E CRÍTICO que considere as graves consequências para a vida e o bem de todos os brasileiros e brasileiras.

Fiéis ao nosso batismo — que nos faz participar do sacerdócio, da realeza e do profetismo de JESUS CRISTO, Nosso Senhor e Salvador — renovamos nossa adesão à defesa da vida e à promoção da justiça e da paz.

Desejamos que o Brasil continue sua trajetória de uma comunidade fraterna, respeitosa e acolhedora, onde haja oportunidades para todas e todos.

Refutamos toda forma de violência, discriminação e expressão de menosprezo pela dignidade da pessoa humana veiculadas como recurso de convencimento no atual pleito eleitoral.

Aderimos de modo filial às orientações de Francisco, Bispo de Roma, que nos recorda que «deriva da nossa fé em Cristo, que se fez pobre e sempre se aproximou dos pobres e marginalizados, a preocupação pelo desenvolvimento integral dos mais abandonados da sociedade.» (EG 186)

Recepcionamos com zelo obsequioso as orientações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que lembra que «Eleições são ocasião de exercício da democracia que requer dos candidatos propostas e projetos que apontem para a construção de uma sociedade em que reinem a justiça e a paz social.”»

Reiteramos a nossa opção preferencial pelos jovens em sua dignidade e seus direitos, garantidos pela Constituição, nos colocando em oposição a políticas de estímulo à violência policial e extermínio da juventude que possam ser perpetradas. Os jovens merecem viver! E por essa razão, em conjunto com a Igreja, nos manifestamos também contra a redução da maioridade penal.

Manifestamos nosso preocupação e cuidado pelo meio ambiente, nossa casa comum, à luz do exposto na Encíclica Laudato Si tendo em vista as pressões de setores do agronegócio sobre nossas florestas, territórios indígenas, de comunidades quilombolas e de povos tradicionais. Tais ataques podem trazer consequências definitivas ao equilíbrio socioambiental e às mudanças climáticas que já afetam grande parte da população.

Pedimos confiantes a graça de Deus para que possamos — à luz do Espírito Santo — identificar o projeto que apresente maior aderência aos princípios do bem comum, da dignidade da pessoa humana, do combate à sonegação e à corrupção.

Em conformidade com a nossa consciência cristã — após sopesar os aspectos positivos e os negativos dos candidatos à Presidência no segundo turno das eleições gerais — identificamos o programa de governo do candidato FERNANDO HADDAD como sendo aquele que apresenta maior aderência aos princípios do bem comum, da dignidade da pessoa humana, do respeito às instituições do Estado democrático de direito e da observância da Constituição Federal.

Que Maria, Mãe da Igreja, nos guie na construção da
civilização do amor e da paz que Pentecostes inaugurou.


Nota pública escrita coletivamente por integrantes da Comunidade de Vida Cristã (CVX) de Brasília, da Escola de Perdão e Reconciliação (Espere), da Diversidade Cristã de Brasília, frequentadores do Centro Cultural de Brasília (CCB), e por pessoas de boa vontade, por ocasião do segundo turno das Eleições Presidenciais de 2018.Seguem os nomes dos signatários e signatárias

Alex Pin
Ana Cristina A. de França Souza
Joana Eleuthério
Edla Lula
Claúdia C. de Miranda Araruna
Joaquim Maia Neto
Maria Luisa de Araújo Maia
Lucie Josephe de Lannoy
Lusimar Wanderley Moreno
Marta Vieira P. de Almeida
Milton Rondó Filho

CVX São José

Camila Vicente Bonfim
Dalmo Coelho Córdova Filho
José Carlos Aguilera
Leandra Camapum Miranda
Sávia Maria Caldas Silva

CVX Dom Hélder Câmara

Ana Maria Lopes da Silva Merico
Luiz Fernando Krieger Merico
André Gustavo Botafogo Gonçalves
Maria Aparecida Ferreira Pinto
Marlene Antônia Helena

CVX Dom Luciano de Almeida

Cássia Caldas
Maria das Graças Lopes Barbosa
Maria do Socorro L. de Carvalho
Príamo Muniz da Mata Lima
Osmar Arouck
Sandra de Paula Dias
Tânia Maria Castro
Wellington Gomes dos Santos

CVX Santo Alberto Hurtado

Daniela Ribeiro de Pinho
Ricardo Pérez Jannuzzi
Luiz Beltrão
Renata Beltrão
CVX Profeta Peregrino
(João Pessoa – PB)
Edson Carvalho Guedes
Helma Janielle Souza de Oliveira
Maria das Graças T. Rodrigues
Maria das Graças T. de Araújo

CVX-MCL

Movimento Cristão Libertador
(Jacareí – SP)

CVX Sto Inácio de Loyola
(Natal – RN)
Orlando Gomes Dantas

Diversidade Cristã de Brasília

Carlos Alberto Mariano de Deus
Emmanuel Henrique S. Rodrigues
Flávia C. Marcelino Lara
Heitor Phillip Cadogan
Márcia Kamada
Newton Rodrigues Freire Júnior
Marli Sales
Patrícia Kitiany

Escola de Perdão e Reconciliação
Amélia Andrade
José Carlos Almeida


Caso deseje incluir seu nome no manifesto, indique no comentário.

Justiça e Paz

8 comentários Deixe um comentário

  1. Considero importante nos manifestar diante de ataques aos direitos humanos, à liberdade de expressão, à ameaça à democracia.
    Nesse cenário, o candidato Bolsonaro pela sua trajetória política, violenta, a favor da tortura, da ditadura, representa uma ameaça à justiça e a paz. O seu programa de governo é muito frágil e superficial.
    Importante nos informar em midias confiaveis e não acreditar em notícias de whatssap e facebook.
    Além disso, é importante para nós cristãos a oração, prestar atenção nos pronunciamentos do Papa Francisco e também ler as declarações da CNBB que nos dão subsídios e nos orientam com critérios para a escolha de candidatos.
    Diante dos dois projetos políticos, considero o Programa de Governo do candidato Fernando Haddad o que está em sintonia com os critérios indicados pelos nossos pastores, bispos da Igreja: a promoção da vida, a justiça social e a paz.
    Por isso, nesse próximo domingo, desejo a todos muito amor e paz no coração para votar conscientemente.

    Abraços,

    Tânia Maria Castro – CVX Dom Luciano Mendes de Almeida

    Curtido por 1 pessoa

  2. Neste momento dramático e atípico da HIstória de nosso país, alinho-me inteiramente ao manifesto aqui publicado. Que nosso voto, no próximo domingo, seja Evangélico: pelo pobre, pelo morador de rua, pelo índio, pelo negro, pela população LGBT, pelo salário digno e pelos direitos assegurados a todas as categorias profissionais. Contra a violência, contra a ameaça de intervenções que eu – então criança, mas já testemunha ocular da ditadura militar – jamais esperaria que pudessem de novo ensombrecer nosso horizonte. Pela cultura da paz e, portanto, pelo desarmamento. Pela rejeição intransitiva a toda ameaça de violência, de sectarismos,de repressão, de corrupção.
    Aquele candidato que me dê esperança de ser o resultado que meus desejos expressam – ou aquele candidato que, por respeitar o estado democrático de direito, não reagirá se a democracia decidir por retirá-lo do cargo, esse terá meu voto.

    Marta Vieira Pinto de Almeida

    Curtir

  3. O manifesto é o Brasil plural que desejamos.
    Desejo também o cumprimento das leis para todos incluso para os falsos benfeitores. Nossa carta cidadã deve ser respeitada. Paz e Concórdia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: