Categoria: Comentário ao Evangelho

Comentários ao Evangelho do domingo, organizados pelos tempos litúrgicos.

« Descer » às águas de Siloé

Todos nós, de uma maneira ou de outra, somos cegos de nascimento, porque nascemos e crescemos em meio a sistemas sociais e religiosos que domesticaram nosso olhar, nos educaram a ter um olhar avesso e atrofiado. A cura do cego de nascimento, apresentado pelo evangelista João, é o sinal que nos fala daquilo que o Senhor nos oferece: caminhar na claridade do dia.

Leia mais « Descer » às águas de Siloé

Temos água, falta-nos sede

Junto ao poço, nossa pequena sede e a sede de Deus se encontram. Sua sede de justiça confrontada com nossa sede de harmonia; sua sede de misericórdia confrontada com nossa sede de reconhecimento; sua sede de compaixão confrontada com nossa sede de segurança. Não para diminuir nossa sede, mas para ampliá-la; não para menosprezá-la, mas para dignificá-la.

Leia mais Temos água, falta-nos sede

A luz que nos trans-figura

O resplendor da Transfiguração brilha no interior de cada um de nós; não nos vemos vazios por dentro porque no mais profundo de nós, na morada mais interior, está o “sol de onde procede uma grande luz” (Santa Teresa de Jesus).
Deixar-nos transfigurar. Somos seres de luz e nossa verdadeira transformação nasce de nosso interior.
Na Transfiguração, Jesus nos faz descobrir nosso verdadeiro ser, que vemos refletido n’Ele.

Leia mais A luz que nos trans-figura

Acolhimento e inclusão

A leitura do Evangelho proposta pela igreja hoje é Lc 5,27-32. Jesus encontra Levi (Mateus) no trabalho de coletar impostos e o chama para seu Seguimento, para ser discípulo dele. Mateus aceita e o segue. Em seguida, Lucas narra Jesus fazendo uma refeição na casa de Mateus. Os Fariseus e Mestres da Lei murmuram, reclamam…

Leia mais Acolhimento e inclusão

Deserto, lugar do discernimento

O evangelista Mateus apresenta a estadia de Jesus no deserto como um tempo de lucidez, fazendo-nos perceber que a relação filial da qual Ele tinha tomado consciência, iluminou de tal maneira sua visão, que se tornara impossível confundir a Deus com os falsos ídolos que o tentador lhe apresenta: um deus em busca de um mágico e não de um Filho; um “deus” contaminado das vazias pretensões do pior da condição humana: ter, brilhar, ostentar poder, exercer domínio...

Leia mais Deserto, lugar do discernimento

Conversão verdadeira

A leitura do Evangelho proposta pela Igreja hoje é Mt16,13-19. Após um longo caminho de missão, Jesus e seus discípulos param para descansar na região de Cesareia de Felipe. Eles estavam próximos a uma fonte de água que brotava da pedra. A pedra que faz brotar água é considerada sagrada pelos habitantes daquele lugar, que…

Leia mais Conversão verdadeira

O labirinto do perfeccionismo

O evangelho deste domingo é continuação do discurso de Jesus sobre o Monte, onde apresenta o modo original de ser e de viver dos seus seguidores; trata-se da nova justiça do Reino, onde Jesus vai até às raízes mais profundas de nosso ser para ativar o amor ali presente; este amor, aberto, oblativo, gratuito..., é capaz de uma nova relação até com os inimigos, em profunda sintonia com o modo de agir do Pai, que ama a todos, bons e maus, pois todos são seus filhos e filhas.

Leia mais O labirinto do perfeccionismo

Comer do mesmo pão

A leitura do Evangelho proposta pela Igreja hoje é Mc 8,1-10. Trata da narrativa da multiplicação de sete pães e alguns peixinhos. O milagre acontece na região dos pagãos, chamada Decápole. Não acontece junto aos judeus. Esta é a segunda narrativa sobre a multiplicação dos pães. Enquanto a primeira multiplicação dos pães (Mc 6,31-44) fora…

Leia mais Comer do mesmo pão