Deixar surgir um novo ser humano

Luiz Fernando Krieger Merico

Mística do século XXI — programa nº31

Reflexões a partir das encíclicas
Laudato si’ e Fratelli tutti

O ano já vai finalizando. Nasce um novo ano, e com ele, uma nova oportunidade para a humanidade construir solidariedade dentro de nossa casa comum. É um bom momento para refletirmos sobre o nascimento de um novo ser humano em nós. Um ser humano baseado em uma ética profunda.. a que respeita nosso ambiente que nos sustenta e nos chama a solidariedade com todos os seres vivos e com as futuras gerações.   

Na encíclica Laudato Sí, o papa Francisco nos chama a atenção para as raízes éticas e espirituais dos problemas ambientais, que nos convidam a encontrar soluções não só na tecnologia, mas também numa mudança do ser humano; caso contrário, estaríamos enfrentando apenas os sintomas de uma gigantesca crise, e não suas causas e raízes. Francisco nos propõe passar da avidez à generosidade, do desperdício à capacidade de partilha, numa ascese que significa aprender a dar e bem viver com toda a Criação. Isto é um modo de amar, de passar pouco a pouco do que eu quero àquilo de que o mundo precisa. É libertação do medo, da avidez, da dependência. Como cristãos somos chamados a entender que o divino e o humano se encontram até no menor detalhe da criação de Deus, mesmo no último grão de poeira do nosso planeta, como diz Francisco. Um novo ser humano baseado na ética profunda com tudo, percebe como estão intimamente ligadas a degradação ambiental e a degradação humana.

Cada época tende a desenvolver uma reduzida autoconsciência dos próprios limites. Por isso, é possível que hoje a humanidade não se dê conta da seriedade dos desafios que se lhe apresentam, e cresce continuamente a possibilidade de os humanos fazerem mau uso do seu poder. Podemos dizer que se carece de uma ética sólida, uma cultura e uma espiritualidade que lhe ponham realmente um limite e o contenham dentro dum lúcido domínio de si. O ser humano, por falta de uma ética profunda, vem perdendo progressivamente o controle dos rumos da sociedade e do planeta único em que vivemos.

Se a crise ecológica é uma expressão ou uma manifestação externa da crise ética, cultural e espiritual da modernidade, não podemos iludir-nos de sanar a nossa relação com a natureza e o meio ambiente, sem curar todas as relações humanas fundamentais – sem um novo ser humano. E mais ainda: aos problemas sociais e ambientais responde-se, não com a mera soma de bens individuais, mas com redes comunitárias. As exigências desta obra são tão grandes, que as possibilidades das iniciativas individuais formadas de maneira individualista, não serão capazes de lhes dar resposta. Será necessária uma união de forças e um grande trabalho coletivo. A conversão ecológica, que se requer para criar um dinamismo de mudança duradoura, é também uma conversão comunitária – mas inicia-se com um novo ser humano, fundado em uma ética profunda de respeito a tudo e a todos. Tudo começa com uma reforma profunda em nós mesmos.  

A urgência é grande, a destruição é ampla e o desprezo é profundo. Que 2022 seja uma oportunidade de deixarmos surgir dentro de nós este ser humano solidário e ético, para que um mundo solidário e ético possa também nascer.


Ouça no Podcast Ignatiana

Encíclicas ecofraternais do Papa Francisco

Laudato si’, sobre o cuidado da casa comum (2015)
Fratelli tutti, sobre a fraternidade e a amizade social (2020)

Luiz Fernando Krieger Merico é graduado em Geologia (UFPR), mestre em Análise Ambiental (UNESP), doutor em Geografia (USP), possui aperfeiçoamento no Schumacher College (Inglaterra) em Economia Ecológica. É autor do livro A transição para a sustentabilidade.

Ecologia Mística do século XXI

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: