Rezar recomeços

Joana Eleuthério

Verbos para rezar os recomeços
segundo o Cardeal Tolentino Mendonça

Verbos que apontam para a nossa reversibilidade como a expressão da misericórdia e da ternura infinitas de Deus para conosco.

Deus tem fé e confiança em nós e Ele quer nos resgatar, reerguer …
Tantos verbos que apontam para a nossa reversibilidade
como a expressão da misericórdia e da ternura infinitas de Deus para conosco.
— reabitar, reabituar, reaprender, rebatizar, recontar, reconstruir, recuperar, reerguer, refazer, reintegrar, relançar, reluzir, renascer, reparar, requentar, resgatar, resguardar, ressaltar, ressurgir, retomar, retornar, rever, revisitar, revigorar, reviver, revoltar …

Tantos verbos que também apontam para as nossas fragilidades
como a expressão de nossas carências tão humanas e de nosso desejo
de superar o homem velho, a mulher velha e deixar renascer
a criatura nova – parceira e seguidora do Jesus – nosso irmão.
— rebatizar, recuperar, retomar, reintegrar, revisitar, relançar, resgatar, retomar,
retornar, reluzir, resguardar, ressaltar, revigorar. Nas crises, resguardar a fé e
a amizade com a Trindade e a transcendência, recuperar e revigorar a confiança no Pai.

Rezar … Rezar tais verbos são exercícios concretos na reconstrução
da esperança e da resiliência nas noites escuras da alma.
Eles são como âncoras para nós, no enfrentamento das tempestades.
— Cada um deles merece um tempo de meditação para que nos digam quando,
quanto e como estão presentes em nossa história – momentos de desolação,
momentos de consolação, de afeto, alegria e esperança…

Lembrando que:

Deus criou por amor, para o amor. Deus não criou outra coisa senão o próprio amor e os meios do amor. Ele criou todas as formas de amor. Ele criou seres capazes de amor em todas as distâncias possíveis.

Simone Weil

Brasília, 7 de setembro de 2021


Joana Eleuthério é graduada em Letras. Servidora pública aposentada da Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal – Escola de Governo do Distrito Federal (EGOV).
Inaciana, avó e mãe, caminha pelas estradas de Jesus, de Santo Inácio e de Santa Teresa de Ávila, por onde tem se inserido na Comunidade do Centro Cultural Brasília (CCB/Jesuítas). Muito grata pela caminhada realizada até aqui.

Todos os textos de Joana [clique aqui]

Imagem: Bina Monteiro — Catedral, 2004. In: Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileira. São Paulo: Itaú Cultural, 2021.

Espiritualidade cristã

Ignatiana Visualizar tudo →

IGNATIANA é um blog de produção coletiva, iniciado em 2018. Chama-se IGNATIANA (inaciana) porque buscamos na espiritualidade de Inácio de Loyola uma inspiração e um modo cristão de se fazer presente nesse mundo vasto e complicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: